Páginas

Ouça a música dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

2.4.12

Disco do Mês: Tratado do Vazio Perfeito


O "Disco do Mês" de abril do Som do Norte é o EP Tratado do Vazio Perfeito, segundo disco lançado pela La Orchestra Invisível. O trabalho foi lançado no blog da banda paraense em 26 de março. As duas primeiras faixas já estavam na programação da rádio Cultura FM (Belém).

Numa cidade tão musical como Belém, poucas bandas podem se orgulhar de, em pouco tempo de existência, terem o reconhecimento de colegas com mais tempo de estrada. La Orchestra Invisível pode se orgulhar. A banda colheu elogios de Eletrola e Suzana Flag, quando os três grupos dividiram o palco na festa Coisa Pop (setembro de 2010). Na 2ª Noite Som do Norte(outubro de 2010), Marcelo Kahwage foi convidado para cantar junto com a StereoScope. Já a Turbo chamou Larissa Xavier para uma participação especial em seu show no Festival Megafônica (agosto de 2010) – o convite se repetiu na 3ª Noite Som do Norte (dezembro de 2010).

O som que gera tanto entusiasmo apresenta fortes características sessentistas, como as melodias bem-elaboradas, os arranjos inspirados em The Beatles e Beach Boys e a psicodelia de Syd Barrett e Os Mutantes. Outras influências, como o power pop de Teenage Fanclub, Big Star e The Posies e o lirismo do Clube da Esquina, evitam que as músicas de La Orchestra soem datadas ou retrô; todas estas referências são revisitadas pelo olhar contemporâneo de seus integrantes.



A intenção inicial de Marcelo Kahwage (voz e guitarra), Bob Stone (baixo) e Daniel Souza "Carlitos" (bateria), ao criar a banda, por volta de julho de 2009, era fazer um som “mod”, porém a sonoridade peculiar da Orchestra Invisível surgiu ao natural já a partir dos primeiros ensaios com Larissa Xavier (voz, guitarra e teclados). Em julho de 2010, Bob mudou-se de Belém e deixou a banda, sendo substituído por Cezar Sousa.

O primeiro disco da Orchestra foi lançado no começo de 2010 - um EP intitulado Primeiro e que pode ser baixado aqui. Em maio de 2011, quando integrava o Coletivo Megafônica, a banda inaugurou o projeto Megabanda, que consistia na produção de um minidocumentário com imagens de shows, entrevista e musical – Marcelo, Larissa e Daniel aparecem tocando “Singular” e “Barril de Gente” na Praça Batista Campos, área central da capital paraense.

O primeiro CD, com o título provisório de Almagesto, já está sendo produzido e deverá ser lançado em breve.



Download do EP

Ficha Técnica:

1 – Sangria (Larissa Xavier)
Arranjos: La Orchestra Invisível
Gravado no Estúdio Quarto Amarelo
Mixado, Masterizado e Produzido por Ivan Jangoux

2- Capítulo IV : Do Afastamento dos Corpos (Marcelo Kahwage)
Arranjos: La Orchestra Invisível
Gravado no Estúdio Quarto Amarelo
Mixado, Masterizado e Produzido por Ivan Jangoux

3- Música mais inocente (Larissa Xavier)
Gravado no Estúdio SANTÔNIO Records
Produção, Edição, Mixagem, Programação e Arranjo: Marcus Brito
Co-Produção: Marcelo Kahwage

Fotos: Moyses Wesley e Simone Moura
Foto Capa e Contra Capa : Moyses Wesley e Simone Moura
Arte Capa e Contra Capa: Arthur Montenegro

La Orchestra Invisível é:
Marcelo Kahwage: Vocal e Guitarra
Larissa Xavier: Vocal Guitarra e Teclados
Cezar Sousa: Baixo
Daniel Souza: Bateria

Contatos: Laorchestrainvisível@yahoo.com.br
(91)83733051 (91)82148487

Um comentário:

  1. ví um show deles ano passado no Grito Rock Macapá e fiquei fã, comprei o primeiro EP no dia e desde então não tive mais notícias dessa banda, vou baixar, obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir