Páginas

Ouça a música dos estados do Norte do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins

17.3.14

Disco do Mês: Bem que Podia





Nosso 32º Disco do Mês é muito especial. Pela primeira vez, temos em destaque no blog um CD que conjuga poesia e música. Também é o primeiro CD que conta com a participação de nosso editor, o jornalista Fabio Gomes, na produção artística. 

Bem que Podia é o primeiro CD da Poeta Amadio, artista de Rondônia radicada em São Paulo. O disco reúne poemas seus, recitados por ela própria, que também interpreta versos de Binho, de Rondônia, e Eliakin Rufino, de Roraima, ambos poetas, cantores e compositores, além de serem importantes referências para Amadio.

Amadio começou a escrever poemas aos 16 anos, e seu exercício da escrita passou a se intensificar aos 20, amadurecendo a partir de seu maior contato com a literatura. Teve alguns escritos publicados em veículos de Porto Velho, como a revista Expressões! Mas logo veio o contato com outra mídia, que lhe abriu novas perspectivas: amiga dos integrantes da banda Kali, Amadio foi convidada a gravar seu poema "Sobre o Acaso", que se tornou a faixa de abertura do primeiro CD da banda, ...E a Primavera Chega, lançado em setembro de 2012. Amadio também participou de diversos shows da banda, recitando seu poema no início da apresentação, tanto em Rondônia quanto em Roraima. "Sobre o Acaso" foi incluído no CD Bem que Podia, como faixa-bônus.

Foi a vocalista da banda Kali, Kali Tourinho (que ao lado de Amadio forma o grupo Canoras), quem lhe apresentou o jornalista Fabio Gomes, indicando-o para produzir o trabalho da poeta. Entusiasmado com o resultado obtido pela gravação de "Sobre o Acaso", Fabio sugeriu que o primeiro lançamento reunindo poemas de Amadio fosse um CD, e não um livro, como habitualmente acontece. O disco teve a produção musical de Luis Paulo Pinheiro e Thiago Maziero, também integrantes da banda Kali. Toda a banda, aliás, participou da gravação, de alguma forma. Coube inclusive a Kali musicar e gravar com Amadio a faixa-título, "Bem que Podia".

Dois integrantes da banda roraimense Jamrock, Ana Gabriela e Hugo Pereira, tocam na faixa de abertura "Dia Meu". Binho recita seu poema "Lero com o Leitor" ao lado de Amadio. Thiago Maziero canta "A Rua, a Curva e os Bairros da Cidade", melodia sua escrita a partir de um poema que fez em parceria com Amadio. O poema "Vê se Vê" aparece no CD em duas versões: primeiramente, declamado por Amadio, e depois cantado por Rômulo Oliveira (da banda rondoniense Dub da Lata) e Gioconda Trivério (integrante do Duo Pirarublue); quem musicou o poema foi Giovani Viecelli.

A maior parte do CD foi gravada em Porto Velho, no estúdio Ecos da Oca. Quatro faixas foram produzidas em Boa Vista, durante os dois meses que Amadio passou na capital de Roraima, no começo de 2013. A última faixa a ser gravada foi "BR-174", registrada no Estúdio Cambuci Roots, em São Paulo, pelo músico acreano João Eduardo Vasconcelos (ex-Los Porongas).

Lançado no Dia Nacional da Poesia, 14 de março, no blog da Poeta Amadio, o CD vem obtendo boa repercussão nas redes sociais. O lançamento foi antecedido por dois singles, com o poema de abertura d CD, "Dia Meu", e com a faixa-título, "Bem que Podia", ambos ainda disponíveis para download no blog da artista. 






1 - Dia Meu (Poeta Amadio)
2 - Na Rua Mais Bonita da Cidade (Poeta Amadio)/ A Reta, a Curva e os Bairros da Cidade (Thiago Maziero - Poeta Amadio) com Thiago Maziero / Vinheta 1 (Poeta Amadio)
3 - Nuvem (Poeta Amadio)
4 - Qualquer Entardecer Qualquer (Poeta Amadio)
5 - O Silêncio de Cada Coisa que Falava (Poeta Amadio)
6 - Vinheta 2 (Poeta Amadio)/ Bem que Podia (Kali Tourinho – Poeta Amadio) com Kali Tourinho
7 - Jardim Selvagem  (Poeta Amadio)
8 - Lero com o Leitor (Binho) com Binho
9 - Gravatas  (Poeta Amadio)
10 - Gêmeos  (Poeta Amadio)
11 - Vinheta 3  (Poeta Amadio)/ Vê se Vê (Giovani Viecilli – Poeta Amadio) com Gioconda Trivério e Rômulo Oliveira
12 - BR-174 (Eliakin Rufino)
13 - Faixa-bônus: Sobre o Acaso (Poeta Amadio)

Músicos

Ana Gabriela violão 1
Andressa Silva vozes 8
Bebeco Pujucan programação 1, 3 / mixagem 1 / efeitos 9
Binho voz 8
Felipe Mendonça percussão 2
Gioconda Trivério voz 11
Giovani Viecelli arranjo 11
Hugo Pereira baixo 1
Jeferson Almeida sampler 13
Kali Tourinho voz 6 / vozes 8
Luis Paulo Pinheiro sintetizadores 2, 5, 7 / programação 2, 5, 7, 13 / baixo 2 / sampler 4, 5 / teclado 6/ vozes 8
Raony Ferreira guitarra solo e backing vocals 11
Rodolfo Bártolo bateria e percussão eletrônica 11
Rômulo Oliveira voz 11
Thiago Maziero sintetizadores 2, 7 / programação 2. 7 / violão 2, 6, 7/ voz 2, 4 / apito 5 / vozes 8 / guitarra base 11 / backing vocals 11
Vitor Piani Guitarra Epiphone semi-acústica 3, 9 / baixo Ibanez soundgear 3, 9/ violão, guitarra e sample de bateria e piano 10

Agradecimento


À poesia! E a todos que acreditaram e duvidaram o suficiente para ela querer se fazer reluzir a tantos outros. Gratidão!

                                                      Poeta Amadio

Ficha técnica

Produção Artística: Fabio Gomes
Arte: Leandro Carvalheira
Foto da capa: Ronaldo Nina
  

Gravado entre janeiro de 2013 e fevereiro de 2014
Produzido no Estúdio Ecos da Oca (Porto Velho – RO), por Luis Paulo Pinheiro e Thiago Maziero
Mixado e masterizado por Jeferson Almeida

Faixas 1, 3 e 9 - Gravadas no Estúdio Parixara – Boa Vista (RR)
Faixa 10 – Gravada no home studio de Vitor Piani - Boa Vista (RR)
Faixa 12 – Gravada no Estúdio Cambuci Roots (SP), por João Eduardo Vasconcelos
Gravações em Boa Vista realizadas nos meses de janeiro e fevereiro de 2013
Gravação em São Paulo realizada em fevereiro de 2014

Ana Gabriela e Hugo Pereira fazem parte da banda Jamrock (Boa Vista – RR) 

Kali Tourinho, Thiago Maziero, Luis Paulo Pinheiro, Jeferson Almeida e Felipe Mendonça formam a banda Kali (Porto Velho – RO)

Poeta Amadio é artista exclusiva do Som do Norte – www.somdonorte.com.br - www.poetaamadio.com.br 

3.2.14

Disco do Mês: Nas Esquinas da Amazônia








Nosso 31º Disco do Mês, comemorando os 54 meses do Som do Norte no ar, é Nas Esquinas da Amazônia, que Zeca Preto lança agora em fevereiro de 2014. O show de lançamento oficial acontece na Casa do Neuber, Boa Vista, no próximo dia 14, uma sexta-feira, com entrada franca. 

Nascido em Belém, José Maria de Souza Garcia vive há muitos anos em Roraima, tornando-se uma espécie de embaixador cultural e musical roraimense desde que obteve o segundo lugar com "Macuxana" no 1º Festival de Música de Roraima. 

Quatro anos depois, no 2º festival, novamente ficou em segundo lugar, com a música "Roraimeira". Nome que batizou chácaras, padaria, boates e tantas outras coisas - como lembra o artista "virou, por exemplo, o peixe fresco na feira, enfim o que era bom era Roraimeira". Em 1984, o nome batizou um show, na verdade praticamente uma mostra cultural roraimense, realizada no Teatro Amazonas (Manaus), reunindo várias linguagens, como Música, Dança,  Poesia e Artes Plásticas. Conta Zeca Preto: "Foi um sucesso e tivemos que repetir esse show aqui em Boa Vista, para que os roraimenses também pudesse assistir e se orgulhar de ver no palco a tradução da terra em que viviam." Posteriormente, o nome Roraimeira batizou o movimento de valorização da cultura do Estado, iniciado com aquele show em Manaus, e que foi tema de um documentário da série Doc.TV em 2009.

Zeca ainda viria a participar de outros festivais. Em 1990, tirou o último lugar no 6º Femur, com sua parceria com Neuber Uchôa "Macunaimando". Só que, como bem recorda Zeca, esta música "é hoje a música mais tocada na Terra de Macunaima, virou o hino informal de Roraima. Serve para colação de grau, para mostra em outros lugares, nas viagens etc".



Zeca Preto possui 14 discos gravados e 2 livros editados. Fez centenas de shows em várias cidades brasileiras, e também na Venezuela e na Suíça. Recebeu o prêmio de gravação do Projeto Pixinguinha em 2009, com seus parceiros de Trio Roraimeira (Eliakin Rufino e Neuber Uchôa). Atualmente faz turnê pelos 15 municípios de Roraima para lançar o disco Nas Esquinas da Amazônia

1 - Um pedacinho (Enrico Di Miceli - Zeca Preto)




2 - Choque de puraké (Zeca Preto)




3 - Sou daqui, sou de lá (Zeca Preto - George Farias)




4 - Sebastiana (Enrico Di Miceli - Zeca Preto) com Wladimir




5 - Festa (Enrico Di Miceli - Zeca Preto) com Halisson Crystian




6 - No pote só tinha mel (Zeca Preto - Miro Garcia) com Miro Garcia




7- Ninja na encantação (Enrico Di Miceli - Zeca Preto)




8 - Domingueira (Zeca Preto - Aroma)




9 - Caboquinha linda (Zeca Preto - Sousa) com Sousa




10 - Amor de sexta-feira (Zeca Preto - Sérgio Barros)





11- Mandinga (Zeca Preto - Cristina Rocha) com Cristina Rocha




12- Meu Tambor (Enrico Di Miceli - Zeca Preto - Joãozinho Gomes)




13- Queria (Zeca Preto - Cacá Farias)




14- Marquises da Cidade (Enrico Di Miceli - Zeca Preto) com Aroma